Higienização e Manutenção do Ar Condicionado Automotivo

//Higienização e Manutenção do Ar Condicionado Automotivo

Higienização e Manutenção do Ar Condicionado Automotivo

Saiba quando e como fazer a Higienização do Ar Condicionado do Seu Carro.

Para quem dirige todos os dias, enfrenta trânsito e longos trajetos, um ar condicionado em boas condições é um item praticamente obrigatório no carro. Além do conforto de uma temperatura mais amena, o aparelho também proporciona mais segurança ao motorista e o poupa de respirar diretamente o ar poluído dos engarrafamentos, principalmente em grandes cidades como São Paulo e região.

Entretanto, para o seu bom funcionamento, a higienização correta e regular do sistema é fundamental. Se negligenciada, além de comprometer o desempenho, também pode provocar sérios problemas à saúde dos passageiros e motoristas. De acordo com uma análise feita pela Faculdade de Biomedicina da Devry Metrocamp, em Campinas (SP) cerca de dez mil fungos e bactérias podem ser encontrados no interior de um veículo mal higienizado. Mesmo que o número pareça assustador, a contaminação é recorrente já que carro é um ambiente pequeno, muitas vezes compartilhado com várias pessoas e onde as mãos entram em contato com as superfícies o tempo todo. O ar-condicionador, responsável pela ambientização, é um dos maiores responsáveis por esse acúmulo de microrganismos.

As bactérias e fungos identificados pela pesquisa podem causar micoses, rinites e até mesmo infeções pulmonares ou de urina. Os riscos e intensidade dessas infecções são ainda mais altos para as crianças e bebês. Espirrar, tossir, sentir coceira nos olhos e nariz após passar algum tempo dentro do carro são indícios de que o automotivo precisa passar pelos processos manutenção e higienização.

Mas como manter o sistema de ar condicionado limpo e livre de micróbios nocivos à saúde? Confira algumas dicas de como e quando realizar a limpeza desse sistema tão importante.
Quando deve ser feita a limpeza do ar condicionado de um automotivo?

A recomendação geral é que a manutenção seja feita a cada seis meses, ou a cada 30 mil quilômetros rodados. Entretanto, cada modelo tem uma demanda diferente. Carros importados, principalmente modelos novos, merecem ainda mais atenção e cuidados. O acompanhamento de uma equipe profissional, especializada em atender marcas específicas, é melhor forma de identificar o momento certo de realizar a manutenção e acompanhar todo o processo.

Outros sinais também podem indicar uma necessidade mais urgente. Entre eles:

– Odor desagravél: o mau cheiro é certamente uma evidência de que o ar condicionado do seu automotivo não vai bem. Ele ocorre pelo acúmulo de ácaros, fungos e bactérias nos filtros de ar do sistema de refrigeração, onde há umidade e calor. Como qualquer tipo de microrganismo, se não forem eliminados, se reproduzem. Além disso, o acúmulo de dejetos e sujeiras nos filtros, como galhos e pequenas folhas, também provoca o cheiro forte. Se ao deixar o ar condicionado ligado um odor desagradável se instala no carro inteiro, não tenha dúvidas em procurar um profissional para realizar a higienização o mais rápido possível.

– Sintomas físicos: se tanto o motorista como os passageiros após saírem do carro apresentarem sintomas alérgicos como espirrar e tossir em excesso, coceiras ou até problemas respiratórios mais graves como rinite e asma, a culpa também pode ser desses microrganismos presos ao sistema interno do ar-condicionado. Esses incômodos podem se transformar em graves problemas futuros se a manutenção for adiada.

–  Queda na eficiência: se o seu ar condicionado não tem refrigerado o ambiente como antes, o problema pode ser simplesmente a falta de higienização. A sujeira acumulada nos filtros dificulta a passagem do ar, diminuindo proporcionalmente o desempenho do aparelho. Mas o problema simples pode acarretar outros incômodos: para atingir a temperatura desejada, o ar condicionado precisa permanecer mais tempo ligado e em maior potência, consumindo assim mais combustível e bateria.

Como funciona a higienização do ar condicionado de um automotivo?

Encontrar uma equipe capacitada é essencial para a realização do processo de forma segura e de acordo com as necessidades de cada carro. Mesmo que pareça uma tarefa simples, a limpeza envolve diversos componentes, às vezes exigindo a troca ou reparo de alguns deles. Conheça as divisões que devem ser revisadas e como a sua higienização influencia no funcionamento do sistema como um todo:

– Filtro de ar: localizado atrás do painel, o filtro é o grande responsável por reter as impurezas do ambiente exterior e garantir que o ar que entra no carro esteja limpo e purificado. Por isso, sua limpeza e manutenção são de extrema importância. A frequência com a qual deve ser trocado varia de acordo com o modelo de automotivo e da frequência de uso.

– Tubulação: os tubos internos também merecem atenção, já que é por eles que todo o ar passa. Sua limpeza é feita com a ajuda de um spray que elimina todas a sujeira acumulada.

– Evaporador: este é o componente responsável pela refrigeração do ar. Para a sua manutenção, é necessária uma limpeza mais profunda, já que ele deve ser removido do sistema. O processo pode levar alguns dias e requer o acompanhamento de um profissional.

– Compressor: é ele que comprime o ar refrigerante e o faz circular por todo o sistema. Por ser um componente de peças móveis, a troca de óleo lubrificante é necessária para a sua manutenção.

Como manter meu automotivo e seu ar condicionado conservados no dia a dia?

Embora a limpeza completa seja necessária regularmente, alguns cuidados básicos podem auxiliar na manutenção do seu carro e ar-condicionado. Confira:

– Não deixe o ar condicionado desligado por muito tempo: isso pode fazer com que a poeira se acumule nos componentes internos. Ligue ao menos uma vez na semana.

– Dissipe o ar quente: abra as janelas e amenize um pouco a temperatura. Ligar o ar condicionado em altas temperaturas faz com que o sistema trabalhe intensamente e sem real necessidade, comprometendo seu desempenho e validade.

– Higienize o carro como um todo: troque as lixeiras, passe aspirador e deixe seu automotivo arejado. Evitar o acúmulo de sujeira impede a proliferação de fungos e bactérias, evitando também incômodos aos passageiros e motoristas.

Como a H. PRIME pode ajudar?

Como vimos, a higienização e manutenção do ar condicionado de automotivos são essenciais para o bom funcionamento, segurança e conforto do carro como um todo. Por isso, uma equipe capacitada e confiável faz toda a diferença no processo.

Na Hprime realizamos os serviços de Manutenção e Higienização do Ar Condicionado das principais marcas do mercado, como: Land Rover, BMW, Mercedes, Volkswagen, Audi, Porsche, Ferrari, Toyota, Honda, Chevrolet, Ford, Hyundai, Nissan, Mitsubishi e muitas outras, Consulte-nos!

Missão H.PRIME: economizar tempo dos nossos clientes oferecendo produtos e serviços surpreendentes, com qualidade, segurança, eficiência e ótima relação custo x benefício.

Entre em contato conosco para saber mais sobre esse importante serviço para o seu carro e para a sua saúde.

(11) 4102-8055 / (11) 94796-6659, faleconosco@hprime.com.br | Rua Martinho de Campos, 522 – Lapa – São Paulo/SP.

Summary
Higienização e Manutenção do Ar Condicionado Automotivo
Article Name
Higienização e Manutenção do Ar Condicionado Automotivo
Description
Para quem dirige todos os dias, enfrenta trânsito e longos trajetos, um ar condicionado em boas condições é um item praticamente obrigatório no carro. Além do conforto de uma temperatura mais amena, o aparelho também proporciona mais segurança ao motorista e o poupa de respirar diretamente o ar poluído dos engarrafamentos, principalmente em grandes cidades como São Paulo e região.
Author
Publisher Name
HPrime
Publisher Logo
By | 2018-03-15T15:31:14+00:00 14 de março, 2018|Notícia|Comentários desativados em Higienização e Manutenção do Ar Condicionado Automotivo

Sobre o Autor:

Fale Conosco